Site do grupo PEDAL CURTICEIRA - www.pedalcurticeira.com.br

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Pedal "assombrado" de quinta feira (25/11/2010) - o relato

Gente boa...


Ontem (25/11), conforme nossa rotina semanal, fizemos o pedal de nível médio das quintas feiras. Porém, não foi apenas uma pedalada noturna como qualquer outra. Foi simplesmente a melhor pedalada das quintas feiras até então, com a proposta de ser o mais MTB possível. E foi exatamente isso que aconteceu.

Saímos do local de encontro as 20:15 e nos tocamos em direção ao trevo do centro de eventos. Na Av. Francisco Caruccio entramos e logo pegamos a João Jacob Bainy até entrarmos à esquerda na Rua 25 de Julho e seguir por ela direto até a pedreira do Monte Bonito. Até lá teriamos pedalado algo em torno de 27km.

Fomos entre 9 curticeiros embrenhados na ecuridão até perceber a luminosidade daquela noite estrelada. Em um ritmo bem cadenciado fomos nos aquecendo em cada subidinha que aparecia. A galera toda compacta as vezes dava uma pulverizada quando em alguma descida mais convidativa o pelotão da frente se empolgava e soltava um pouco mais os freios ou, em alguma subida também convidativa, imprimia mais força nos pedais e logo acima esperava, ainda ofegante, o pelotão de trás emparelhar. Aos poucos fomos ganhando altitude e em alguns minutos podíamos enxergar as luzes de toda a cidade beeem ao longe. De cinema!!!

Uma cobrinha que cruza a estrada, uma corrente que escapa, uma "orvalhada" pra aliviar a bexiga e chegávamos na pedreira do Monte Bonito. O grupo totalmente coeso e numa sintonia de encher os olhos.


Depois da pedreira entramos à esquerda e descemos bem "tocados" até estrada que nos levaria ao trevo de acesso à pedreira e à entrada do Passo da Michaela na BR 392 onde paramos um pouco para conversar sobre um mistério daquele momento.

Durante esta descida da pedreira o Rudi e o Leonardo se tocaram na frente angustiados por adrenalina e, sem perceber, quase chegando na BR 392, cruza por trás deles um faixo de luz vermelha-amarelada, como um relâmpago, de ponta-a-ponta da estrada um pouco depois de passarmos pela frente de 2 cemitérios e uma casa antiga que já ouvi boatos de ser bem sinistra e palco de alguns episódios inexplicáveis. Atrás, um de nós (não citarei quem, pra não ficar estigmatizado como contador de causos) viu a luz e ficou perplexo. Perguntou ao companheiro que estava ao lado: "tu viu?" E se alivia da "nóia" quando recebe a resposta: "ví".


Lá embaixo a galera para na escuridão, desabafa sobre o mistério da luz estranha e tira algumas fotos pra posteridade. Nisso apagamos os faróis e sinalizadores para poder perceber melhor a luz da noite, liiiinda, por sinal.

Ainda naquele cruzamento, um carro se aproxima e ao ver alguns flashes das fotográficas, antes de entrar no sentido da pedreira, pergunta se somos da polícia federal (talvez tenha ficado com medo, pois pelo comportamento, devia estar com alguma coisa irregularidade). Logo ligamos todos os faróis e sinalizadores e o cara faz de conta que tava telefonando pra polícia pra dizer que tinham uns 10 caras cheios de luzes parados na estrada e foi embora. Imagino que a polícia não tenha dado muita importância, se é que o elemento ligou mesmo!!!

Dali seguimos o nosso rumo também. Entramos no portal do Passo da Michaela e assim começou o 2º tempo do mais puro MTB. Estradinha de chão estreita, irregular, muito barro, algumas pedras, um riozinho pra atravessar de bike, no velho estilo "MTBzístico"....

Alguns quilômetros de muita atenção e perícia na condução da bike, lugares lindos que, à noite, se apresentam aos olhos de forma especial, chegamos na encruzilhada do passo dos carros. Passamos por vários "trabalhos", velas e panos vermelhos e outras coisas mais. Parecia uma cena de filme de suspense. Com a mão em nosso santo, pedimos licença e seguimos adiante. Encompridamos um pouco mais o caminho e entramos em Pelotas novamente pelo mesmo trevo da Fenadoce por volta das 23h passadas.

Desafiador, técnico e repleto de surpresas e companheirismo. Assim terminou o nosso pedal com aquele sabor de "quero mais"!!!


Quinta feira que vem é colônia na certa e muitas emoções aos curticeiros de plantão!!!



Galera, foi shooooow!!!!



Até o próximo pedal e um baita abraço a tod@s!!!!

 
Leandro Karam

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

MAIS QUE UMA PEDALADA, UMA INTERVENÇÃO SOCIAL

Um passeio de bicicleta? Um encontro de amigos? Um pouco de exercício físico? Sim... Tudo isso e muito mais. O grupo PEDAL CURTICEIRA mostra novamente a que veio e o que tem a oferecer à nossa sociedade carente de ações que realmente façam a diferença. Este grupo realiza em seus quase 2 meses de existência uma espécie de recrutamento de pessoas iluminadas que buscam viver com alegria e anseiam em contribuir de alguma forma para o bem-estar comum.

No último sábado mais de quarenta ciclistas se reuniram as 16h na frente do largo do Teatro 7 de Abril para, como de praxe, realizar um ciclopasseio pelas redondezas da nossa cidade. Pessoas de todas as idades, de vários nichos sociais e que apresentam algumas admiráveis características em comum: o gosto por fazer novas amizades, por aprender a contemplar o simples e o natural e por ter momentos de integração ao mesmo tempo que exercitam o corpo.




Os valores intrínsecos relacionados ao grupo PEDAL CURTICEIRA são muitos e não conseguiria transpôr todos eles em um artigo. Portanto me resta pincelar sobre alguns acontecimentos deste sábado para que os leitores possam tirar suas próprias conclusões...


Partimos do nosso ponto de encontro as 16:20 em direção à Av. Dom Joaquim, onde acontecia o evento “ESTAÇÃO SAÚDE”, promovido pelo jornal Diário Popular, no qual havíamos sido cordialmente convidados a divulgar nossas atividades. E assim o fizemos.





Dado o recado e feitos os devidos agradecimentos, partimos pela BR 392 até 5km após o trevo de acesso à cidade, quando adentramos a Estrada do Passo dos Carros que nos conduziria até a BR 293 ao longo de 10km de estrada de chão batido. O rencontro com o asfalto se daria no trevo principal de acesso ao município de Capão do Leão.






Cresce o número de integrantes do grupo ao mesmo passo em que se aprimora a organização do mesmo. Equipados com 4 rádios de comunicação, o grupo era puxado por um ciclista, fechado por outro e mais dois (as vezes mais) faziam a contenção do trânsito para que todos integrantes pudessem atravessar ruas e cruzamentos com segurança. Pode-se salientar também a compreensão de vários motoristas que, admirados, cediam alguns instantes de seu tempo e davam passagem a todos. Parabéns!!!










Em um ritmo tranquilo (média de 15km/h) e com algumas paradas para recarregar as energias, tomar água, reagrupar o pessoal ou até mesmo para certificar de que todos estavam bem, muitos integrantes puderam perceber lugares que não conheciam ao mesmo tempo em que podiam estabelecer relações geográficas, ambientais, conhecer seus limites físicos e tudo isso em um clima de total integração entre novos e velhos amigos.














Uma menina demonstra cansaço, fica um pouco tensa e acaba em um certo momento se entrelaçando com outra bicicleta e “beija” o chão. Sentindo como se estivesse “atravancando” o grupo ela se desculpa sem parar. Aos poucos vai percebendo o esforço dos companheiros que prestavam atencioso auxílio. Água, apoio moral, alguns ajustes técnicos na bike e a pequena e corajosa Alice se tranquiliza ao perceber que realmente não estava sozinha.


Entramos em contato com o Lizandro (NOBRE BICICLETAS) que prontamente veio ao nosso encontro, colocou a bike da nova integrante no transbike do carro e a levou para casa em total segurança. Daí em diante o passeio continuou na maior tranquilidade. Um pneuzinho furado e um rápido remendo e “bora” ao ponto de partida.






Ao final é incrível constatar o espanto de muitos “curticeiros” que, ao se darem conta de que pedalaram 42km e, apesar da exaustão de alguns, estavam firmes e fortes. As distâncias se tornam maiores ou menores conforme a forma pela qual as encaramos. É uma questão por vezes muito mais psicológica do que propriamente física. Em grupo e clima leve de descontração somos capazes de realizar feitos que em outras situações poderíamos considerar improváveis ou até mesmo impossíveis.


O grupo PEDAL CURTICEIRA surge então como uma oportunidade de integração, saúde, turismo, esporte, conscientização e superação pessoal. Tudo isso acompanhado de muita CURTIÇÃO!!! Por tudo isso considero este grupo não apenas como um conjunto de pessoas que se reunem para pedalar, mas como um grupo que provoca uma intervenção social, um grupo que causa impactos positivos, suscita reflexões, muda atitudes e ajuda a transformar, mesmo que de forma discreta, alguns paradigmas de nossa sociedade.

Mais uma semana está começando e mais uma vez nos é reservadas muitas experiências positivas!!!



Obrigado por tudo....



Um forte abraço, meus amigos!!!



Leandro Karam

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

PEDAL CURTICEIRA: sustentabilidade em duas rodas

Boas idéias produzem ressonância quando são compartilhadas e acompanhadas de atitudes. Essa pode ser uma das formas de definir o grupo PEDAL CURTICEIRA, um grupo de simpatizantes da bike que encontram sobre duas rodas formas diferentes de integrar pessoas em prol de ações sustentáveis socioambientalmente. Neste sentido, foi realizado no último sábado, 13 de novembro, a inauguração oficial do grupo em Pelotas, quando cerca de 40 ciclistas, sob a coordenação do biólogo e músico Leandro Karam, fizeram uma pedalada da Pça. Cel. Pedro Osório (centro) até o Laranjal, onde realizaram o plantio de diversas mudas de árvores nativas ao lado de um de seus trevos de acesso.



Entre piriquiteiras, pitangueiras, cerejeiras, tarumãs, açoita-cavalos, guabirobas e outras espécies nativas, os ciclistas e membros do grupo PEDAL CURTICEIRA puderam experimentar na prática a sensação de botar a mão na terra e plantar, ato jamais realizado por muitos dos “pedaleiros”. Além disso, a presença de outros profissionais da área, como os agrônomos Tiago Camelato, Fabiano Simões e Rafael Porto deram maior qualificação técnica ao ato simbólico, ao prestar preciosos esclarescimentos sobre técnicas adequadas de plantio, ecologia das espécies plantadas e as precauções que devemos tomar ao escolher as espécies de acordo com o local que se deseja plantar, observando seu arredor, exposição solar, presença de fiação elétrica, proximidade de edificações, etc.








Este plantio simboliza o início das atividades do grupo que se iniciou no dia 5 de outubro de 2010 com apenas 5 participantes e, em pouco mais de um mês, já agregou algo em torno de 80 ciclistas em suas pedaladas semanais que acontecem todas as terças-feiras (20h - nivel iniciante), quintas feiras (20h – nível médio) e sábados (16h – nível iniciante com percurso extendido).



Dentre outras ações de cunho sustentável do grupo, além da divulgação da biodiversidade local é o incentivo à população ao utilizar mais a bicicleta como meio de transporte e controlando mais o uso de automóveis, contribuindo assim para o melhoramento do fluxo no trânsito, melhoria da qualidade do ar e diminuição da popuição visual e auditiva gerada pelo excesso de de ruídos e poluentes liberados pelos canos de descarga.




Outro benefício que o grupo proporciona de forma direta é a prática do cicloturismo, onde os ciclistas têm oportunidade de conhecer localidades de Pelotas e região que são efetivamente pouco conhecidas pela maioria da população, fomentando assim uma espécie de “cicloecoturismo”, onde os ciclistas têm acesso direto aos locais visitados e acabam recebendo informações sobre sua história.




Além do cicloturismo o projeto PEDAL CURTICEIRA também propõe atividades de educação ambiental como palestras sobre os benefícios do uso da bicicleta para a sociedade e ao ambiente, propõe a formação de parcerias que contribuam de diferentes formas suas atividades, visitar locais que desenvolvam práticas sustentáveis (permacultura, ecovilas, cidades sustentáveis, energias renováveis, consumo consciente), proporcionar experiências mais íntimas entre as pessoas e a natureza como forma de sensibilizar quanto a importância de uma consciência ambiental que norteie nossas atitudes cotidianas e produzir e divulgar conteúdos com foco na sustentabilidade, ecologia, cicloturismo e cultura, na forma de artigos, fotos, vídeos, etc.


Para obter maiores informações basta acessar o blog AVENTURAS & DESVENTURAS, cujo link é http://leandropedal.blogspot.com ou entrar em contato através do email leandro.karam@gmail.com. Faça parte desta curticeira!!!



Leandro Karam
(coordenador do GRUPO PEDAL CURTICEIRA)

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

INAUGURAÇÃO OFICIAL DO GRUPO PEDAL CURTICEIRA - 13/11/2010

Digníssimos amigos e entusiastas.

Eis que nos aproximamos do nosso primeiro evento social organizado: nossas atividades de inauguração oficial, incluindo o tradicional pedal de sábado, porém de cunho simbólico e a nossa festa de inauguração e integração. A seguir vai a sequência de informações para amanhã.

PEDAL CURTICEIRA de SÁBADO (13/11/2010) - PEDAL COMEMORATIVO
INICIANTE "PLUS"

Horário: 16h (16h: Agrupamento - 16:15: Informações do percurso e do significado/procedimento do plantio de mudas - 16:30: Partida);

Local de encontro: Pça. Cel. Pedro Osório, defronte o TEATRO 7 de ABRIL;

Ritmo: LEVE (média de 10 a 15km/h, aproximadamente);

Distância: 32km, aproximadamente;

Percurso: LOCAL DE ENCONTRO - R. Sta. Cruz - Av. Dom. de Almeida - LARANJAL (1º Plantio simbólico e ato simbólico) - Av. Domingos de Almeida - Av. São F. de Paula - Av. Rep. do Líbano - Av. Dom Joaquim (2º Plantio e ato simbólico) - R. Andrade Neves - Av. Bento Gonçalves - R. Gonçalves Chaves - LOCAL DE ENCONTRO.

Equipamentos necessários: Uma bike em BOAS CONDIÇÕES DE RODAGEM, CAPACETE, CÂMARA RESERVA, bomba, água, barrinhas de cereal, chocolate, etc - bom humor e espírito de integração.


Peço a todos que, para maior impacto visual e ideológico, todos venham trajados de VERDE. Podendo também decorar suas bicicletas com esta cor da forma que as suas criatividades permitirem. VAMOS ESVERDEAR AS RUAS DE PELOTAS E DIZER QUE O PEDAL CURTICEIRA CHEGOU!!!


Distribuiremos "localizadamente" alguns panfletos de divulgação de nossa festa de abertura. "Localizadamente" significa que serão distribuídos apenas para as pessoas que de alguma forma (direta ou indireta) demonstrarem simpatia à nossa "INTERVENÇÃO CICLÍSTICA VERDE"!!!

Para participar do nosso grupo de emails e receber todas as informações de nossas atividades envie sua solicitação de cadastro para leandro.karam@gmail.com.



Pedais semanais:


-3ª feira (20h) - Nível iniciante (distância de 20 a 30km - média de 10 a 15km/h, aproximadamente);


- 5ª feira (20h) - Nível médio (distância de 40 a 60km - média de 20 a 25km/h, aproximadamente)


- Sábado - 16h - Nível iniciante "plus" - distância de 30 a 40km - média de 10 a 15km/h, aproximadamente)



FESTA DE INAUGURAÇÃO DO PEDAL CURTICEIRA

Após o pédal do plantio simbólico que voltará ao ponto de partida até no mááááximo as 19h, eis a....


PROGRAMAÇÃO


21h - ABERTURA OFICIAL DOS PORTÕES DA CERVEJARIA SANTA MARTHA (D. Pedro II, 706 - defronte campus I da UCPel);

22h - APRESENTAÇÃO OFICIAL DA ORIGEM DO GRUPO PEDAL CURTICEIRA, SEUS OBJETIVOS E PERSPECTIVAS;

23h - SONZEIRA AO VIVO - ACÚSTICO NANDO KARAM - (http://www.myspace.com/acusticonandokaram) e quem mais quiser expressar sua arte!!!!

1h - (após sessão de ovos) SOM MECÂNICO PRA TODAS AS TRIBOS !!!!!!!



A lista de confirmados já passa de 60 confirmados. Para garantir seu nome nesta lista e pagar somente R$6,00 pelo ingresso, ENVIE OS NOMES PARA leandro.karam@gmail.com até amanhã (13/11/2010) ao MEIO DIA (12h)!!!!!!!


Uma boa noite de sono a todos e até amanhããããã!!!!


CU CU CU CURTICERAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH



UM BAITA ABRAÇO A TOD@SSSS!!!!
 
 
Carinhosamente,
 
Leandro Karam

terça-feira, 9 de novembro de 2010

INAUGURAÇÃO OFICIAL DO GRUPO PEDAL CURTICEIRA




O GRUPO PEDAL CURTICEIRA




Um grupo de apaixonados pela liberdade que encontra em duas rodas uma forma de expressão. Por esporte, por lazer, por qualidade de vida, por respeito no trânsito, por turismo, pelo meio ambiente ou somente por curticeira mesmo.



Nossos pedais semanais são distribuídos da seguinte forma:

- 3ª feira - 20h - Nível iniciante - percursos de 20 a 25km com média de 10 a 15km/h de velocidade, aproximadamente;

- 5ª feira - 20h - Nível médio - percursos de 40 a 60km com média de 20 a 25km/h de velocidade, aproximadamente;

- Sábado - 16h - Nível iniciante "plus" - percursos de 30 a 40km com média de aproximadamente 15km/h de velocidade a destinos que possibilitem contato mais íntimo com ambientes naturais através de estradas de chão batido;

- AUTO ORGANIZAÇÃO: através do grupo de emails os integrantes sugerem pedais-extras de acordo com a sua disponibilidade de tempo e seu condicionamento físico.


As informações mais específicas de cada pedal estão postadas no blog AVENTURAS & DESVENTURAS - http://leandropedal.blogspot.com./


Utilizamos o google grupos para divulgar informações sobre as atividades do grupo, artigos relacionados ao mundo da bicicleta em suas diversas modalidades e projetos e atividades que envolvam bike e sustentabilidade.

Para se cadastrar é necessário somente o envio de sua solicitação para leandro.karam@gmail.com e participar!!!




Links para contato:



Pratique saúde, faça amigos e desfrute da vida em meio a natureza!!!


video





INAUGURAÇÃO OFICIAL DO GRUPO PEDAL CURTICEIRA


DIA 13 DE NOVEMBRO - SÁBADO


ATIVIDADES PREVISTAS:

  • PEDAL DE INTEGRAÇÃO COM PLANIO DE MUDAS NATIVAS:
    • Horário: 16h
    • Ponto de Encontro: Pça. Cel. Pedro Osório (defronte ao Teatro 7 de Abril)

  • FESTA DE INAUGURAÇÃO OFICIAL DO GRUPO PEDAL CURTICEIRA
    • Apresentação: Divulgação do projeto PEDAL CURTICEIRA: sua origem, seus objetivos e perspectivas
    • Horário: 21h
    • Local: CERVEJARIA SANTA MARTHA (D. Pedro II, 706 - defronte Campus I da UCPel)
    • Ingresso: R$ 6,00 (as primeiras 100 pessoas que estiverem com seus nomes na lista. Para listar, envie solicitação para leandro.karam@gmail.com e garanta sua presença)

Agradeço a todos "curticeiros" por tantas alegrias. Sei que tudo isso só tende a melhorar ainda mais!!!
 
Um forte e sincero abraço!!!
 
Leandro Karam
(moderador)

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

PEDAL CURTICEIRA de TERÇA-FEIRA (02/11/2010) - RELATO & INFORMES

O pedal que se realizou no feriado desta última terça-feira contou com 17 ciclistas (5 caras novas no grupo) que percorreram 24km do perímetro urbano de Pelotas em um ritmo que pouco preparo físico exigia. Destaque para a tranquilidade do passeio e a satisfação de todos aqueles que, desde o primeiro contato com o grupo, se sentiram a vontade e puderam desfrutar de novas e boas amizades.

Aqui vão algumas fotos e vídeos do nosso passeio.






























video


video


video


Aqui vão alguns informes gerais sobre as atividades do grupo PEDAL CURTICEIRA:

- Nossas camisetas de ciclismo personalizadas estão quase sendo enviadas para a confecção, a previsão é de que até o final de dezembro estejam em mãos;

- Nossa festa de INAUGURAÇÃO OFICIAL do GRUPO está marcada para sábado (13/novembro) na CERVEJARIA SANTA MARTHA (D. Pedro II, defronte UCPel), ocasião em que o histórico do grupo , suas atividades e metas para o futuro serão apresentados (em breve mais informações);

- Para ingressar em nosso grupo de emails e ficar por dentro de nossas atividades basta enviar email de solicitação de cadastro para leandro.karam@gmail.com;

- Empresas interessadas em patrocinar o feitio das camisetas (algumas cotas estão ainda em aberto) entrem em contato através do email leandro.karam@gmail.com ou pelo telefone (53) 9134-9848;



Programação dos PEDAIS SEMANAIS do grupo PEDAL CURTICEIRA:

- 3ª feira (20h) - Nível iniciante (distância de 20 a 30km - média de 10 a 15km/h, aproximadamente);

- 5ª feira (20h) - Nível médio (distância de 40 a 60km - média de 20 a 25km/h, aproximadamente);

- Sábado - 16h - Nível iniciante "plus" - distância de 30 a 40km - média de 10 a 15km/h, aproximadamente);

- AUTO ORGANIZAÇÃO: através do grupo de emails os integrantes sugerem pedais-extras de acordo com a sua disponibilidade de tempo e seu condicionamento físico.



Agradeço o carinho e empenho de todos !!!

Um forte abraço!!!

Leandro Karam